Ruta Del Cares – uma caminhada nos Picos de Europa

Uma viagem noturna de meio milhar de quilómetros, uma dormida num albergue de montanha e uma caminhada pela Ruta del Cares com três dezenas de quilómetros fazem a razão de existência deste post.

Cedo percebemos que os Picos de Europa estavam demasiado longe do Minho (480km) e que o mais indicado seria sair na sexta-feira à noite a qualquer custo. Mesmo que isso representasse chegar à montanha a horas tardias… Até Chaves a viagem foi o costume: portagens e SCUTS. Em território espanhol foi sempre andar até perto de León. Onde seguimos uma estrada nacional, com pouca luz, que nos conduziu montanha acima e montanha abaixo até Posada de Valdéon. Onde pernoitamos para no dia seguinte dar início à caminhada.

Posada de Valdeón
Posada de Valdeón

Queríamos percorrer a Ruta del Cares completa. A ruta original que se inicia em Posada de Valdeón, passa por Caín e termina em Poncebos. Apesar da maior parte dos sites de viagens e montanhismo apontarem que a ruta é apenas de Caín até Poncebos.

Mapa da Ruta del Cares na versão original
Mapa da Ruta del Cares na versão original

A ruta está situada no seio do Parque Nacional de Picos de Europa e é também conhecida por “La Garganta Divida” por se acompanhar por altas montanhas ao longo de todo o percurso. A rota agora utilizada por montanhistas foi outrora um canal de comunicação entre duas povoações: Caín e Poncebos. Na verdade, estas duas localidades distam-se a 12 quilómetros, no entanto, uma a viagem de carro obriga a circular os Picos de Europa num percurso em ziguezague com cerca de 100 quilómetros e 2h30min. de duração.

Com dois carros disponíveis, deixamos de manhã cedo uma viatura em Caín, para regressarmos a Posda de Valdeón, depois dos trinta e poucos quilómetros que tínhamos a percorrer. De regresso ao ponto de partida e apesar de dispormos do track no GPS, obtivemos informações numa loja de desporto aventura que ali se encontrava aberta.

A ruta original começou no centro da pequena localidade pelo Camino del Bustio junto ao Rio Cares.

Primeiro troço da Ruta del Cares versão original
Primeiro troço da Ruta del Cares versão original
Mirador del Tombo nos Picos de Europa
Mirador del Tombo nos Picos de Europa

Seguimos as marcações disponíveis, cruzamos o pueblo Cordiñanes de Valdeón e paramos junto ao Mirador del Tombo. Avistamos alguns alpinistas a subir a Via Ferrata de Valdeón e seguimos por um estradão mais algumas centenas de metros até não encontrarmos mais nenhuma sinalização do caminho a não ser a pequena estrada de alcatrão. O track que dispúnhamos dava-nos a rota pelo alcatrão e até aqui só tínhamos concluído 4,5 quilómetros. Pelo que tivemos de percorremos pela estrada cerca de 5,5 quilómetros até Caín de Valdeón. Onde paramos para o único café da manhã.

Esta pequena partida da ruta não nos desiludiu. Deixou as pernas um pouco desgastadas, mas não nos arrependemos de iniciar a ruta pela sua forma original (desde Posada de Valdeón).

Caín de Valdeón nos Picos de Europa
Caín de Valdeón nos Picos de Europa

De Caín para a frente entramos no melhor troço da ruta. O primeiro quilómetro justifica só por si esta aventura. O Desfiladero del Río Cares é imponente. Cruzamos vários túneis com luminosidade mais reduzida (mas de fácil condução) e fomos-nos conduzindo pelo percurso estreito, mas capaz de albergar várias pessoas em simultâneo. Paramos, observamos lentamente os detalhes do traçado. Fotografamos paisagens e pormenores. E cumprimentamos todos os forasteiros que no sentido contrário seguiam até Caín.

Um dos vários túneis da Ruta del Cares
Um dos vários túneis da Ruta del Cares
Ponte de Passagem da Ruta del Cares
Ponte de Passagem da Ruta del Cares

O percurso é na sua maioria feito na escarpa das altas montanhas presentes nos Picos de Europa. Nas montanhas é perfeitamente visível várias espécies de árvores, águas límpidas do rio e dos ribeiros adjacentes, prados verdejantes e cabras no seu estado mais natural (as cabras são o símbolo dos Picos de Europa).

Magnífica escarpa dos Picos de Europa
Magnífica escarpa dos Picos de Europa
Magnífica escarpa dos Picos de Europa
Magnífica escarpa dos Picos de Europa
O estreito trajeto da Ruta del Cares
O estreito trajeto da Ruta del Cares
Cabra nas pastagens nos Picos de Europa
Cabra nas pastagens nos Picos de Europa

A rota é acessível a qualquer pessoa, mesmo sem experiência em montanhismo ou caminhadas, desde que esteja preparado para passar mais de 5 horas num ambiente único e singular.

A chegada a Poncebos é feita numa descida vertiginosa num piso cheio de rochas soltas. São três quilómetros exigentes para os pés e para os joelhos, que tendem a travar o corpo num declive tão acentuado e rápido. Chegamos a Poncebos um pouco mais tarde do que o planeado. Fizemos o reforço numa curta paragem e demos a volta ao trilho. Iniciavam-se os mesmos três quilómetros com um acumulado generoso e empedrado. Findo esta parte do percurso, percorremos os restantes quilómetros com entusiasmo e interesse. Deixamos a máquina fotográfica de parte e deixamo-nos envolver pelos Picos até Caín.

Acesso Final a Poncebos
Acesso Final a Poncebos

O rescaldo da aventura foi feito já em León rodeados de cañas e pinchos.

 

O que levar para a Ruta del Cares:

  • Calçado confortável (no meu caso em particular levei botas de montanha)
  • Chapeu, boné ou gorro
  • Protetor solar e hidratante para os lábios
  • Água
  • Alimentos suficientes para percorrer os trajetos
  • Impermeável e/ou agasalho para o frio
  • Mochila confortável

Sugestões e cuidados a ter:

  • Recomendo a dormida no dia anterior para quem deseja fazer o percurso completo;
  • Percorrer o traçado na Primavera ou no Outono (pelas cores e pelo estado bruto da natureza);
  • Evitar o verão onde a concentração de montanhistas e turista causa congestionamento na ruta;
  • Utilizar apenas o troço próprio para o percurso;
  • Ter cuidado na captura de fotografias (estamos a vários metros de altitude);
  • Respeitar o ambiente natural das Cabras que abundam no percurso;
  • Não recolher espécies da natureza;
  • Não levar os cães soltos;
  • No verão há um serviço de transporte de autocarro entre Poncebos e Caín (útil para que só deseja fazer a ida)

Galeria:

Ligações úteis:

larutadelcares.es

rutadelcares.org

picoseuropa.net

Filme da Ruta por um Drone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *