Obsolescência Programada: Comprar, deitar fora, Comprar

“Comprar, deitar fora, Comprar” é um documentário produzido pela TVE Espanha que aborda um tema bastante interessante na sociedade moderna: a obsolescência programada. Esta expressão tão difícil de pronunciar é um trunfo utilizado pela indústria de fabrico de bens de consumo duráveis, que faz com que o ciclo de vida de um produto tenha uma durabilidade limitada forçando o consumidor a uma nova aquisição.

Capa do documentário sobre obsolescência programada
Capa do documentário sobre obsolescência programada

O documentário inicia-se com um jovem dono de uma impressora com um problema técnico relacionado com um ou outro componente que tem de ser substituído. Nas várias deslocações a lojas especializadas na reparação de equipamentos de informática recebe a mesma resposta: é melhor adquirir uma nova impressora, o custo da reparação é elevado! Não baixou os braços e encontrou on-line a resolução para uma morte anunciada. Afinal aquela impressora não tinha nenhum problema e o que evitava a impressora de imprimir era o seu software manipulado que não permitia nenhuma impressão após o contador de páginas impressas atingir determinado valor.

Surpreendente, é o facto do documentário abordar outros temas numa viajem à história das indústrias modernas que desde as lâmpadas domésticas até às meias de nylon das senhoras apostam cada vez mais numa morte antecipada dos seus produtos, em prol da sobrevivência económica das próprias empresas, dos postos de trabalho e da sociedade em geral. Contribuindo cada vez mais para um ambiente menos verde e para um consumo exagerado.

Um documentário útil às áreas e disciplinas da Economia, Marketing, Área de Integração e muito mais.

 

Ficha técnica:

Título Original: Comprar, tirar, comprar – La historia secreta de la obsolescencia programada
Título em Inglês: The Light Bulb Conspiracy
Realizador: Cosima Dannoritzer
Ano: 2011
País: Espanha / França
Produção: TVE / Arte
Duração: 53 min
Legendagem: PT
Imdb: imdb.com/title/tt1825163

 

Ver documentário sobre obsolescência programada:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *